Sagrado, de Palavrantiga

Fazia bastante tempo que eu não postava dica cultural, não é? Então aqui está uma incrível!
Primeiro porque a banda (Palavrantiga) é genial; segundo porque a letra reflete perfeitamente a situação da religião no Brasil e no mundo.

Confira a letra e a música abaixo:

É que o sagrado se tornou hilário
Ascendeu em abril
Se espatifou em maio
E o que é que ficou?
Ficou o riso amarelo

E agora tanto faz o que é sagrado
Nada importa se isso tudo não for antes santificado
Bem no interior do meu peito deserto

Estou tentando ser bem honesto
To dizendo tudo o que eu penso
Tão sabendo que eu te peço Deus

Venha o Teu reino
Bem dentro e lá fora
A Tua vontade
Pra sempre e agora
Pois tenho fome
Do pão desse dia
Daquilo que é só Teu

Ouça minha oração
Que se fez cantiga
Canção pra acordar
Se Deus aceitar cantiga
Minha oração, Deus, não perderá jamais

Letra retirada de Vagalume.

“Sucrilhos”, por Criolo

Para mudar um pouco a programação do blog, quero deixar hoje uma excelente dica musical. Trata-se de Criolo, um dos meus rappers brasileiros favoritos, com letras geniais que combatem o racismo e também outros tipos de desigualdade social. Vale muito a pena conferir!

Site do cantor