Ele tá saindo…

Meu novo projeto está sendo colocado em prática. Espero que dê tudo certo e lutarei e orarei por isso.

O blog já foi lançado e está na versão beta. Estou trabalhando nele e dicas serão muito bem vindas.

Sem mais delongas, conheçam o meu novo projeto, Jesus Não É Cristão.

Final de mais uma jornada

E aí, galera, tudo bem? Estou aqui para anunciar mais um final de jornada. É o fim do The Writings, mas calma. É pra melhorar o que eu faço.

De agora em diante, todo o meu trabalho estará focado no Jesus Não É Cristão, que ainda está na fase beta.

Visitem sempre o novo site e aproveitem esta nova fase.

Um sorriso em meio a tanta seriedade

Quem mora em cidade grande como eu deve saber que é tudo em nessas cidades é uma correria. As pessoas estão sempre apressadas, se esbarram sem ligar, veem pessoas caídas sem ajudar a levantar… Enfim, todo mundo está preocupado com a própria felicidade, mas ninguém é feliz. Um paradoxo, certo? Mas por que isso acontece?

1- As pessoas não têm o conceito correto de felicidade

Em meio a tanto consumismo, todo mundo acha que vai ser feliz quando comprar determinado carro, determinada casa, computador, etc. Mas quando as pessoas conseguem isso, elas têm uma alegria momêntanea e logo depois precisam de outra coisa (e nem sequer percebem que estão sendo escravizadas pelo capitalismo). É preciso ter em mente que não dá para conseguir uma felicidade interior a partir do exterior. E ser feliz é uma decisão, não um estado de espírito.

2- As pessoas não se preocupam umas com as outras

Muitas vezes na nossa vida temos problemas que nós mesmos não conseguimos resolver e só com a ajuda de alguém poderemos sair desses problemas, mas num mundo tão individualista e egocêntrico, como ter alguém para nos suportar?

Por isso devemos ser diferentes, servirmos de exemplo, ajudar as pessoas para que elas vejam que isso é necessário e faz muito bem.

Jesus Cristo deixou toda a sua glória para nos salvar e servir de exemplo. Enquanto muitos “grandes homens” se definem como gênios, inteligentes e empreendedores de sucesso, as únicas palavras de Jesus sobre o seu “eu humano” foram: “sou manso e humilde de coração” (Mt 11.29). E Ele, falando sobre felicidade, disse:

“Bem-aventurados os pobres em espírito, pois deles é o Reino dos céus.
Bem-aventurados os que choram, pois serão consolados.
Bem-aventurados os humildes, pois eles receberão a terra por herança.
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, pois serão satisfeitos.
Bem-aventurados os misericordiosos, pois obterão misericórdia.
Bem-aventurados os puros de coração, pois verão a Deus.
Bem-aventurados os pacificadores, pois serão chamados filhos de Deus.
Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, pois deles é o Reino dos céus.
Bem-aventurados serão vocês quando, por minha causa os insultarem, perseguirem e levantarem todo tipo de calúnia contra vocês.
Alegrem-se e regozijem-se, porque grande é a recompensa de vocês nos céus, pois da mesma forma perseguiram os profetas que viveram antes de vocês”.
(Mt 5.3-12)
Você tem se sentido infeliz, cansado e sobrecarregado? Já percebeu que você erra e não consegue ser perfeito? Quer ser aliviado desse fardo? Jesus disse:

“Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso.” (Mateus 11:28) Aceite Ele em seu coração e seja salvo da condenação eterna. Ore assim:
“Pai, eu reconheço que sou um pecador. Sei que pelas minhas forças não poderei ser salvo, mas eu também sei que o Senhor mandou o seu único filho, Jesus, para morrer por mim e então eu poder morar contigo no céu. Venha dominar e transformar a minha vida. É assim que eu oro, em nome de Jesus, amém!”